post-edit

Malware remover… Tem a certeza de que nao tem o PC infestado?

Malware remover… Tem a certeza de que nao tem o PC infestado?
Malware, num pregão popular, o Software Malvado, é um programa informático malicioso desenvolvido por programadores, na intenção de roubar dados e informação (confidencial ou não), e para provocar danos no computador. Proteja-se!

O motivo que incentiva um individuo ou um grupo de indivíduos, num ato criminoso, de instalar malware em sistema alheio (computador, pc, servidor, tablet, smartphone, facebook, google, twitter, etecetera...), pode estar relacionado com pirataria informática, espionagem industrial, saque de informação para comércio de base de dados, motivação passional, roubo de senhas e acessos sobre entidades financeiras, por puro divertimento maldoso, entre outros.

O desenvolvimento de malware está em constante expansão e inovação, e afirmar de que este ou aquele mecanismo de proteção é 100% eficaz, é uma afirmação utópica.

Esta abordagem simples, em linguagem prática sobre o tema malware, pretende informar sobre os vários tipos e malefícios, para que todos nós utilizadores tenhamos uma consciência informática preventiva.

Tem a certeza de que não tem o pc infestado?




Antivirus grátisAntivirus gratis 100% completo com certificado Microsoft Windows






5 tipos comuns de malware:


Uma boa prática para lutar contra Malware, e para o remover, é conhece-lo:

    Malware
  • Virus – Ficheiro malicioso, programado para atacar e causar estragos no sistema informático, em software e hardware (p/ex.: formatar o disco rigido). Pode vir através de um email, numa Pen-drive, num Cd\Dvd, no arquivo de um aplicativo, na visita a um Website contaminado, entre outros. Para entrar em atividade necessita de se alojar num programa, e da ação de um utilizador (p/ex.: um clique com o mouse). Além de contaminar o sistema em que se infiltra, produz réplicas de si próprio, e multiplica-se para infestar outros sistemas informáticos (por rede, pen drive, cloud, ftp, entre outros).

  • Worms – Software malicioso, é um programa em pacote completo, aparentemente inofensivo, com o disfarce de possuir características utilitárias bastante requisitadas, e grátis (p/exe.: um media player, uma suite de otimização do sistema operativo, um editor de imagens, freewware, shareware, entre outros). Depois de instalado, cria vulnerabilidades para facilitar outros ataques, propaga-se pelo sistema operativo, tem o poder de criar, editar e eliminar arquivos, e pode executar instruções de envio de dados por email, com ficheiros anexados, utilizando as contas e o remetente do utilizador do pc. Multiplica-se para contaminar outros sistemas.

  • Cavalo de Troia (Trojan) – Aplicativo malicioso, instalado no sistema informático (pc, computador, tablet, smartphone, servidor, ou outro) com o intuito de abrir e manter portas abertas, criar vulnerabilidades, executar procedimentos, para o saque de informações e dados. Não se multiplica, pode auto destruir-se ao final de algum tempo, e sem deixar rasto. Em exemplo, pode infiltrar-se no navegador de Internet para roubo de informação sobre acessos e senhas guardadas, obter dados de homebanking e de cartões de crédito, pode assumir a imagem de uma entidade fidedigna (entidade bancária, entidade fiscal, ou outras) e por meio de formulário, num email ou em página de Internet, colhe informação confidencial.

Atualize o navegador de Internet



  • Rootkits – Serviço que funciona em segundo plano, como um processo normal de sistema operativo, com a funcionalidade de ocultar aplicativos, arquivos, pastas ou ficheiros, de alguns mecanismos, por exemplo do Antivirus, ou Firewall. O próprio sistema informático pode incluir rootkits (neste caso «benignos») encarregues de zelar pelo bom funcionamento do sistema informático.   Só é considerado um malware, se tem como função esconder e privilegiar a execução de outro malware.

  • Spyware – Mecanismo malicioso de espionagem, software espião, movimenta-se pelo sistema informático para observar, copiar, e enviar informações acerca do utilizador. É comum a infiltração no navegador de Internet, para obter informação sobre hábitos de navegação, palavras pesquisadas, compras efetuadas, senhas introduzidas, dados pessoais, ou outras. O curioso deste tipo de malware, é que a instalação no pc pode ter sido consentida, e estar protegida por licença, que o utilizador aceitou com a instalação de um programa (quase sempre freeware ou shareware). Este tipo de malware pode ser um entrave ao bom funcionamento do sistema informático, causando erros, atrasos e travamentos, pelo consumo de recursos de hardware  (p/ex.: ram, cpu), ou incomodativo com a execução constante de pop-ups (janelas de abertura automática).


Tem a certeza de que não tem o pc infestado?



Recomendação:

- Atualize o programa de Antivirus, e coloque-o a varrer o sistema.



E que tal, experimente e comente, este atalho é-lhe útil?



DEIXE COMENTÁRIO

  • Apontamento:
  • - Não sou imune ao erro, desconhecimento, nem dono da verdade. Pode remeter sugestão e ou reclamar;
  • - Quero responder a todos os comentários. Nem sempre é possível em tempo útil;
  • - Até já :)
  • ► Facebook:

    ► Blogger:

    0 comentários